Banco Extensor diferente de Banco Extensor

20 Ago

Banco Extensor ≠ Banco Extensor

A Musculação é uma modalidade que visa o treinamento da capacidade física força! Os implementos utilizados para a sua prática podem ser livres ou em aparelhos. Um dos aparelhos mais populares entre os praticantes de Musculação é o Banco Extensor de Joelhos. Este aparelho objetiva o treinamento do grupo muscular quadríceps. A característica mecânica do banco extensor de joelhos pode variar entre diferentes marcas. Em uma academia pode haver Bancos Extensores de Joelho de diferentes marcas. Muitos praticantes, ao longo da rotina de treinos da semana, alternam entre os bancos extensores de marcas diferentes em horários nos quais as academias estão muito cheias. Para alguns, isso não tem muita importância, mas para os praticantes mais criteriosos, qualquer diferença notada durante a execução de um banco extensor diferente é motivo de curiosidade e perguntas como “esse banco é diferente do outro? ou “porque esse banco é mais difícil do que o outro? . Os profissionais devem então responder a pergunta de uma forma adequada.

Para demonstrar o exemplo da diferença entre dois modelos de bancos extensores de joelhos, contei com a ajuda do professor Hernesto Innecco, da Academia Malhação da Unidade Prudente. A idéia era verificar a magnitude das alterações do raio quando se promove a rotação do camos.

Modelo Convergente

Posição Inicial

Na posição inicial do banco extensor modelo convergente o comprimento do raio é de 23,5 cm.

 

Posição Final

Já na posição final do banco extensor modelo convergente o comprimento do raio é de 23 cm.

Este modelo apresentou uma pequena variação do comprimento do raio ao promover a rotação do camos = 0,5cm.

 

Modelo Moviment

Posição Inicial

Na posição inicial do banco extensor modelo moviment o comprimento do raio é de 21cm.

Posição Final

Já na posição final do banco extensor modelo movement o comprimento do raio é de 18 cm.

A variação do raio ao promover a rotação do camos neste modelo foi de 3cm da posição inicial em relação à posição final.

 

Essa medição cuidadosa possibilita que as perguntas como “esse banco é diferente do outro? ou “porque esse banco é mais difícil do que o outro? sejam respondidas ao praticantes mais criteriosos! A magnitude da diminuição do raio do camos é diferente nos dois modelos de bancos extensores. Apesar de serem um aparelho semelhante, as características mecânicas tornam o exercício diferente quando executado em cada um desses bancos extensores.

Obs.: o número de guias, mancais e polias é o mesmo nos dois modelos fazendo com que o atrito seja semelhante uma vez que para que ocorra um movimento com a velocidade constante a força deve ser maior do que o peso somado ao atrito.

Uma adaptação do modelo para o Torque da Resistência Externa em função do implemento utilizado, comparando os dois bancos extensores, ficaria como a figura abaixo ilustra:

A queda no torque da resistência externa no modelo moviment é ilustrada levando em consideração a diminuição do raio quando se promove a rotação do camos do início do movimento até o final do movimento.

Referência:

Musculação – Modelo Didático para prescrição e controle das atividades – José Ricardo Claudino Ribeiro

2 respostas para “Banco Extensor diferente de Banco Extensor”

  1. Daniel Vopore 21 de Agosto de 2011 at 1:53 http://www.givetolive.ca/canadian-viagra-paypal/

    Obrigado pelas orientaçoes técnicas Prof. Nikolas,conhecemos bem a prática e notamos sim a diferença entre um aparelho e outro,mas nao sabia qual deles era o mais eficiente para o nosso treinamento..Parabéns continue nos orientando e estimulado a prática da musculaçao com consciência e inteligência!!

Deixe uma resposta